segunda, 28 de julho de 2014
Início » Geral » Emoção marca inauguração da sede da Pró-Meninas

Emoção marca inauguração da sede da Pró-Meninas

Gravatar
12/10/2011 às 13h03

Galeria de Fotos

J.H. Teixeira

A emoção marcou a inauguração da sede própria da Pró-Meninas Entidade de Amparo na manhã deste feriado de 12 de outubro, Dia da Padroeira, em Jaú. A emoção e as lágrimas estiveram presentes nos discursos, nas homenagens e nos mais simples gestos de gratidão. Só 20 anos depois de inaugurada em Jaú e de quatro anos de luta pela construção do prédio, a Pró-Meninas pode ver se tornar realidade a sua sede.

A presidente da entidade, Isabel Cristina Freire, começou agradecendo a todos. Depois falou da preocupação de um grupo de senhoras que em 5 de abril de 1991 fundou a Pró-Meninas para atender as meninas que saiam das creches e ficavam desamparadas nas ruas. Atualmente são atendidas 60 menores, 30 em cada período, no contraturno escolar.

"A crescente demanda e a falta na cidade de uma entidade para atender meninas nesta faixa de 6 a 16 anos, levou-nos a decisão de construir a sede. Ficamos dois anos com a obra parada por falta de recursos", disse Isabel Freire, desde 2005 na presidência e em seu quarto mandato. "Hoje, no Dia da Criança, no 20º aniversário da Pró-Meninas, estamos inaugurando essa nossa sede, o que nos enche de orgulho. Mas ela nos rendeu bolhas nas mãos, dores de cabeça, dores lombares, noites mal dormidas, tudo com o objetivo de realizar o melhor de nós para essas crianças", continuou. A presidente não conteve a lágrimas ao agradecer o apoio de todos, de sua família e de sua mãe, da filha, dos irmãos, cunhadas e sobrinhos.

Isabel Freire lembrou e citou uma a uma as diretoras da entidade, homenageando-as depois com um vaso de orquídeas. Depois prestou a mesma homenagem às funcionárias, também citadas uma a uma. Homenageou também os doadores que possibilitaram a construção da sede e, em nome deles, entregou um vaso de orquídeas a jornalista Cléo Furquim, que organizou duas feijoadas beneficentes em prol da entidade. E concluiu: "O dia de hoje é a comprovação de que um sonho que se sonha só é só um sonho que se sonha só, mas sonho que se sonha junto, é realidadee".

O presidente da Câmara, Carlos Alberto Lampião Bigliazzi Magon (PV), também disse estar emocionado. "Eu sei que não foi fácil, mas graças ao bom Deus ainda existem pessoas que fazem alguma coisa para o próximo. A Câmara está de portas abertas para tudo o que a Pró-Meninas precisar", disse.

O secretário de Relações Institucionais da Prefeitura, Cristiano Madela Tavares, representou o prefeito Osvaldo Franceschi Junior na solenidade. "O trabalho do voluntariado é diferenciado. Anos de luta, de angústia, e um sonho realizado. A todos os meus parabéns. Vocês nunca desistiram e sempre olhando para o futuro, conseguiram realizar o sonho. Vocês cumprem o maior mandamento de Jesus Cristo, que é amar ao próximo", disse Cristiano Tavares.

Estavam presentes também ao evento os secretários Beatiz Brandão (Assistência Social), José Francisco Leonelli (Habitação) e Pedro Zafra (Serviços Municipais). Daniel Nadaleto cantou aos presentes, o padre Martins Barbosa da Silva Neto deu a bênção às instalações e as meninas apresentaram coreografias. Também estava presente o delegado seccional de Polícia, Carlos Alberto Gomes da Rocha Silva.

Pró-Meninas
Atualmente, a Pró-Meninas atende a 60 menores, entre crianças e adolescentes que no contraturno do horário escolar desenvolvem diversas atividades visando a qualificação profissional e o encaminhamento para o mercado de trabalho.

“Com a sede poderemos atender mais 100 meninas, além de estendermos o nosso serviço à toda a população, inclusive no horário noturno”, disse a presidente da entidade, Isabel Cristina Freire.
A sede própria tem salas de informática, de estudos, de artesanato, de máquinas retas e overloque para curso profissionalizante destinado às adolescentes a partir de 14 anos, além de auditório, cozinha, refeitório e pátio interno.

Além do atendimento às menores, a Pró-Meninas pretende também oferecer cursos para os adultos à noite. “Temos uma parceria com o Rotary Clube Terra Roxa e será dado um curso de alfabetização para adultos por um método difundido pelo Rotary no qual a pessoa aprende a escrever alguma coisa em 48 horas”, explica Isabel Freire.

Conforme a presidente da entidade, os 20 computadores que foram doados pelo Pró Vida além de serem usados pelas menores durante o dia, irão também possibilitar cursos de informática para adultos à noite. “Isso deverá ser feito a partir do ano que vem”, observa.

A área para a Pró-Meninas foi doada na administração passada. A partir daí,com campanhas desenvolvidas junto à comunidade, a entidade iniciou a construção de sua sede. Enquanto isso, vinha funcionando na rua Genera Izidoro, 180 , em instalações inadequadas e onde a casa foi alvo de furtos seguidos furtos, sendo os últimos quatro dentro do mesmo mês no primeiro semestre deste ano. Essas ações criminosas foi que agilizaram a conclusão da sede própria.
 

3 Comentários(Deixe o seu)

  • MARIA LUIZA alves pereira

    Parabéns!...Tenho alunas que ficam no próMeninas no período contrário ao de sala de aula, é gratificante vê-las amparadas e não pelas ruas sem ter o que fazer...é um trabalho muito bonito!!!

  • Vitoria Audacio

    EU TAMBEM FREQUENTO O PRÓ MENINAS EU AMO MUITO ENSINA CUSTURA,PINTURA,ETC..... EU AMO MUITO EU ??????

  • julia almeida pereira

    minha filha fica pro meninas da cidade de jau ha 3 meses e ela adora e é muito bem tratada obrigada por cuidar da minha filha enquanto eu trabalho. Pamela Regina sou a mãe da julia

Deixar Comentário

Digite as letras e/ou números que você vê na imagem abaixo:

Leia | Política de Comentários.

Versão Móvel | Contato | Anuncie

Primeiro site de notícias de Jaú.
Jornalista responsável: José Henrique Teixeira MTb 20.061
Jaunews © 1999 - 2014. Todos os direitos reservados